dez 10, 2021

Concerto de Natal pelas Orquestras da EPABI


Na noite de 15 de dezembro, às 21h30m, a EPABI marca o regresso ao remodelado Teatro Municipal da Covilhã para realizar um Concerto de Natal, apresentando suas orquestras.

Entre as formações a apresentar-se em palco, encontramos:

  Ensemble de Guitarras com direção dos prof. Pedro Rufino e Rogério Peixinho

  Orquestra de Cordas com direção do prof. João Mendes

Orquestra de Sopros com direção do prof. Francisco Luís Vieira e com a participação especial do Orfeão da Covilhã, direção de Bruno Martins


Repertório a interpretar:

*Ensemble de Guitarras:
Carlos Seixas | Tocata
G. Ph. Telemann | Andante para o oboé e guitarras - solista, Carolina Fernandes
Jürg Kindle | Kalimba
Patrick Roux | Tango del Sol

*Orquestra de Cordas:
Arcangelo Corelli | Concerto Grosso Per la notte di Natale. Op. 6 VIII

*Orquestra de Sopros e Percussão:
Tckaikovsky - Abertura 1812
Arturo Marquez - Danzón nº 2
Carlos Amarelinho (arr.) | Trovante - EnCanto Sinfónico


Descrição:
Ensemble de Guitarras da EPABI apresenta um programa eclético com o intuito de valorizar as principais características deste tipo de formação. A sua apresentação começa com uma pequena "Toccata", composta por Carlos Seixas (1704-1742) - compositor, organista e cravista português de grande prestígio, do período Barroco. A obra que se segue é a autoria de Georg Philipp Telemann (1681-1767), grande compositor alemão, também no período Barroco, onde será interpretado o segundo andamento da "Sonata em Lá menor para oboé". O Conjunto de Guitarras da EPABI finaliza a sua apresentação com a interpretação de duas obras originais de dois compositores contemporâneos: "Kalimba" de Jurg Kindle e "Tango del Sol" de Patrick Roux.
A Orquestra de Cordas da EPABI interpreta uma das obras mais emblemáticas do período Barroco, o Concerto Grosso op.6 - n°8, com o subtítulo "Fatto per la notte di Natale", ou "feito para a noite de Natal", do compositor e violinista italiano Arcangelo Corelli (1653-1713). Esta obra foi concebida como um concerto da chiesa (para ser tocado na igreja) e foi publicada postumamente em 1714, como parte dos 12 Concerti Grossi , op. 6. Os dados da composição são incertas mas há registos que indicam a apresentação desta obra no concerto de Natal em 1690, para fruição do novo patrono do compositor.
A Orquestra de Sopros da EPABI apresenta um repertório diversificado e contrastante:
- A Abertura Solene "1812", é uma obra orquestral de Pyotr Ilyich Tchaikovsky (1840-1893), que comemora o fracasso da invasão à Rússia em 1812 e a subsequente devastação da Grande Armada de Napoleão. A obra também é conhecida por sua sequência de tiros de canhão que é, em alguns concertos ao ar livre, executado com canhões verdadeiros. Neste concerto é apresentada a versão de Orquestra de Sopros e Coro, com a participação especial do Orfeão da Covilhã.
- "Danzón nº 2" de Arturo Marquez (1950 - ), uma composição do proeminente compositor mexicano, onde o autor se inspira no estilo de dança em pares chamado precisamente Danzón, com origens em Cuba mas muito conhecido no México.
-"Trovante - EnCanto Sinfónico" é a última obra do concerto, em estreia absoluta. Um arranjo de Carlos Amarelinho (1977 - ), constituído por 4 temas, sendo eles "Fez os dias assim", "Balada das sete saias", " Memórias de um beijo" e "Xácara das bruxas dançando".


Não pode perder este concerto!

Link bilhetes Ticketline: https://link.cm-covilha.pt/ticketline-epabi

HORÁRIO DA BILHETEIRA TMC
3ªfeira a sábado: 14H30 – 19H30*
*Exceto feriados
Dias de espetáculo:
14H30 – 19H00 | 20H30 – 21H30
















Galeria